Arrow 6° Temporada | Crítica da Série

Uma temporada que colocou Oliver Queen contra sua cidade

Depois de nos dar uma temporada incrível com um vilão que redimiu os erros das temporadas anteriores, Arrow retornou para sua sexta temporada, e não preciso dizer que as expectativas estavam altas. A jornada de Oliver Queen (Stephen Amell) no seu quinto ano contra Prometheus (Josh Segarra) foi muito melhor do que os fãs podiam esperar. Será que o sexto ano poderia manter a qualidade.



Bem, sim e não. Acho que posso classificar essa temporada de Arrow com episódios incríveis no meio de muitos medianos, enquanto nos momentos finais a série conseguiu prender nossas atenções, ela também esteve envolvida com arcos pouco interessantes que acabaram por atrapalhar o enredo. Os produtores insistirem em focar na rixa de Rene Ramirez (Rick Gonzalez) e o resto da equipe secundária contra a principal, atrapalhou bastante o que podia ser uma trama interessante, já que os roteiristas tinham a missão de colocar Oliver contra todos, sem ajuda. 

No entanto, embora a temporada não conseguiu se igualar a anterior, ela nem de longe foi como o terceiro ou quarto ano da série. Ao todo, tivemos uma temporada mais do que satisfatória, com um vilão tão sanguinário e brutal, e uma season finale que vai deixar muitos loucos para ver o que vai acontecer na sétima temporada.

Arrow continua sendo a melhor série de heróis da CW.




» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Friends vai voltar, mas sem Matthew Perry!