Arrow 6° Temporada | Crítica da Série 7
Séries e Tv

Arrow 6° Temporada | Crítica da Série

Uma temporada que colocou Oliver Queen contra sua cidade

Depois de nos dar uma temporada incrível com um vilão que redimiu os erros das temporadas anteriores, Arrow retornou para sua sexta temporada, e não preciso dizer que as expectativas estavam altas. A jornada de Oliver Queen (Stephen Amell) no seu quinto ano contra Prometheus (Josh Segarra) foi muito melhor do que os fãs podiam esperar. Será que o sexto ano poderia manter a qualidade.

Arrow 6° Temporada | Crítica da Série 8

Bem, sim e não. Acho que posso classificar essa temporada de Arrow com episódios incríveis no meio de muitos medianos, enquanto nos momentos finais a série conseguiu prender nossas atenções, ela também esteve envolvida com arcos pouco interessantes que acabaram por atrapalhar o enredo. Os produtores insistirem em focar na rixa de Rene Ramirez (Rick Gonzalez) e o resto da equipe secundária contra a principal, atrapalhou bastante o que podia ser uma trama interessante, já que os roteiristas tinham a missão de colocar Oliver contra todos, sem ajuda. 

Arrow 6° Temporada | Crítica da Série 9

No entanto, embora a temporada não conseguiu se igualar a anterior, ela nem de longe foi como o terceiro ou quarto ano da série. Ao todo, tivemos uma temporada mais do que satisfatória, com um vilão tão sanguinário e brutal, e uma season finale que vai deixar muitos loucos para ver o que vai acontecer na sétima temporada.

Arrow 6° Temporada | Crítica da Série 10

Arrow continua sendo a melhor série de heróis da CW.

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Arrow 6° Temporada | Crítica da Série 11


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.