Arrow S03x11: Midnight City| Crítica da Série 16

Arrow S03x11: Midnight City| Crítica da Série


A Canário Negro finalmente chegou a cidade e teve seu traseiro chutado várias vezes.

Hoje tivemos o que os escritores chamaram de a segunda parte sobre a transformação de Laurel na Canário Negro, que começou no final do episódio anterior, onde ela atacou dois capangas de Brick. Já fazia um tempo que os escritores estavam preparando esse, digamos, “especial”, e eu esperava um pouco mais.

Mas vamos por partes. Faz sentido eles terem realizado essa transformação de Laruel no momento que Oliver está desparecido. A cidade está um caos e Roy e Diggle não estão conseguindo dar conta de tudo sozinhos, ainda mais com Brick crescendo cada vez mais e fazendo um movimento que pode tirar toda a polícia do Glades. Tudo que Oliver trabalhou tanto está sumindo tão rápido.



E falando de Oliver, ele ainda está se recuperando com Maseo e Katana. Ainda não sabemos o que aconteceu com eles, mas há uma tenção muito grande no ar. Maseo carrega um peso nas costas que o mudou para sempre e algo me diz que teve relação com seu filho. Como não o vimos no presente, talvez ela tenha sido morto nos braços de seu pai, que foi incapaz de protege-lo. Lembram que nos flashbacks ele disse para o Olvier que não há nada que ele não faça por sua família? Perder o filho é o tipo de coisa que o levaria a Liga das Sombras.  

Tem muita cosia que a viagem a Hong Kong precisa revelar, e enquanto isso, Oliver tem que escapar da Liga e retornar para a cidade. O símbolo que ele trazia era algo que conseguia controlar a cidade, sem ele, Laruel recorreu ao medo que os criminosos tinham da Canário. Fiquei feliz que não a fizeram fodona logo de cara. Seria meio estranho só algumas aulas de box a transformarem numa justiceira. Ela levou muita porrada e precisou ser salva por Roy mais de uma vez, mas ela está no caminho certo

Se bem que algumas vezes ela parecia uma criança querendo algo. Ela podia muito bem ter deixado o Diggle ir atrás do Brick ao invés de ficar só monitorando. Mas não. Ela queria ir e ponto final e que se dane o resto. Isso me irritou muito. Diggle e Roy podiam ter feito muito mais se estivessem juntos, e ela simplesmente ignorou isso.

De qualquer jeito ainda teremos mais uma parte da transformação de Laruel na Canário Negro. Não posso também me esquecer de Merlyn e o Dj que a Thea contratou. Será que Merlyn sabe que ele trabalha para a Liga dos Assassinos?

Próximo episódio vai ser bom.

Confira a promo de Arrow 3×12 “Uprising”:

[[youtube http://www.youtube.com/watch?v=GsSYxj3e0mM]]

 


Arrow S03x11: Midnight City| Crítica da Série 17

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Arrow S03x11: Midnight City| Crítica da Série 27
Robert Pattinson testa positivo para Covid-19, diz revista