Ash vs Evil Dead | Crítica da Série 3
Séries e Tv

Ash vs Evil Dead | Crítica da Série

A melhor série trash de todos os tempos.

Quando os criadores originais decidem trazer uma história de volta dos mortos, podemos esperar algo incrível. Depois do fraco remake da franquia Evil Dead em 2013, onde os produtores tentaram trazer de volta o universo dos filmes através da atriz Jane Levy, o diretor Sam Raimi volta a trazer o herói que marcou sua carreira.

Ash vs Evil Dead superou todas as minhas expectativas. Quer dizer, eu esperava ver algo bom, mas não imaginei que veria um dos melhores trabalhos trash de todos os tempos. Com um orçamento moderado, o canal Starz nos trouxe uma aventura macabra bem divertida. Eu mal posso dizer o quanto essa série conseguiu manter sua qualidade no decorrer dos episódios, com Ash Williams (Bruce Campbell) tomando as rédeas da situação.

Download-0

Foi muito bom voltar a ver Ash. O personagem soube trabalhar com a nostalgia daquele mundo com um humor divertido de se acompanhar. Ele não é o que esperamos de um herói, mas é isso que faz dele tão especial. Ninguém poderia tomar seu lugar.

Os novos rostos que vieram, também foram bem vindos. Pablo Bolivar (Ray Santiago) e Kelly Maxwell (Dana DeLorenzo) trouxeram uma boa dinâmica para essa primeira temporada, como a nova equipe de Ash. Lucy Lawless foi outro acerto. Acabei chegando a conclusão que não importa quando ou onde, ela sempre vai ser uma das mulheres mais incríveis do mundo.

Lucy-Lawless-as-Ruby-Knowby-in-Ash-vs-Evil-Dead

Infelizmente, o final da primeira temporada desapontou um pouco. Eu só espero que eles possam retomar a serie onde pararam e continuar o bom trabalho no segundo ano.

ash-vs-evil-dead-109-dana-delorenzo-ray-santiago

Confira o trailer abaixo:

[[youtube https://www.youtube.com/watch?v=unnLg1TPCYM]]

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Ash vs Evil Dead | Crítica da Série 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.