Uma temporada final perfeita para toda a loucura que a série nos apresentou

Quando o canal pago A&E revelou que estava trabalhando numa nova versão para o maior clássico de Alfred Hitchcock, Psicose, a recepção não podia ter sido mais negativa. Além de os fãs em geral não terem uma boa visão de reboots ou remakes, Psicose já havia sofrido com uma nova versão antes. Com Vera Farmiga escolhida para dar vida a Norma Louise BatesFreddie Highmore o grande assassino Norman Bates, será que a história de como Norman se tornou um psicopata de Carlton Cuse, Kerry EhrinAnthony Cipriano esfaquearia os fãs no coração?

Bates Motel — “Marion” — Cate Cameron/A&E Networks LLC — © 2016 A&E Networks, LLC. All Rights Reserved

Foi aí que todos nós fomos surpreendidos com algo incrível. São poucos remakes que conseguem respeitar tão bem seu original ao mesmo tempo que segue com suas próprias pernas. Bates Motel, com sua dupla de protagonistas viciantes, conquistou uma legião de fãs, merecidamente. Sua 5° temporada fechou o ciclo da história de Psicose de uma maneira incrível. Querendo nos dar algo novo, eles fizeram a melhor temporada e deram um show de como fazer um bom suspense que muitos diretores de Hollywood deveriam aprender.

Preso nas fantasias que criou e se vendo cada vez mais perto da triste verdade, Norman é o tipo protagonista que você odeia e ama. O talento do jovem Freddie é admirado de longe. Tudo nessa série cheira Emmy, desde as partes técnicas, até os talentos de nossos atores. Todos deram o máximo para concluir essa história da maneira certa.

Se você ainda não viu essa última temporada esteja preparado para ser levado para um corrida que será impossível parar, mesmo quando você precisa descansar. Algumas mudanças podem não agradar a todos, mas eu peço para não ficarem preso nisso. Estejam abertos para algo novo. Se você puder fazer isso, vai terminar a série com olhos lacrimejando.

Deixe sua opinião aqui :)