Camila Mendes, da série Riverdale, revela que sofreu preconceito racial em Hollywood 6
Séries e Tv

Camila Mendes, da série Riverdale, revela que sofreu preconceito racial em Hollywood

Mais um caso de preconceito racial em Hollywood.

A polêmica da vez envolve a atriz Camila Mendes, de 23 anos, que se identifica como latina-americana. Camila é filha de pais Brasileiros, mas nasceu nos Estados Unidos – e, por esse motivo, eventualmente faz testes de elenco para personagens latinas.

Ela ficou famosa por seu papel de Veronica Lodge na série Riverdale, e comentou sobre esse assunto durante uma entrevista ao People Chica:

“Eu sou muito nova em Hollywood, mas já estou começando a ver os problemas na escalação de alguns projetos” “Muitas vezes ouço coisas como: ‘Você não parece latina o suficiente’, e essa mentalidade é tão atrasada. O fato é: eu sou latina, então, como você vai me dizer que não pareço latina?

Mendes fala tanto inglês quanto português fluentemente, mas ainda assim sente a diferença de ser criada em duas culturas distintas.

“Aprecio muito como essas duas culturas criaram quem eu sou. Eu sou um brasileira de sangue, com toda uma família extensa de brasileiros, mas nasci e cresci nos EUA. Quando vou ao Brasil, me sinto como uma americana e, nos Estados Unidos, sempre percebo os traços que me tornam brasileira.”

A segunda temporada de Riverdale, que deve explorar mais a origem de Veronica Lodge, será exibida a partir do dia 11 de outubro nos Estados Unidos. No Brasil, a série é exibida pelo canal Warner.

via adorocinema / EW

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Camila Mendes, da série Riverdale, revela que sofreu preconceito racial em Hollywood 7


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Leave a reply