Claire Foy ganhou menos do que Matt Smith para ser protagonista da série "The Crown" 3
Séries e TvNetflix

Claire Foy ganhou menos do que Matt Smith para ser protagonista da série “The Crown”

De acordo com o site TV Line, os produtores do seriado da Netflix afirmam que Claire Foy, apesar de ser a protagonista Elizabeth II, recebeu menos do que seu colega Matt Smith, que interpreta o príncipe Philip, na série “The Crown”.

Em tempos que se discute MUITO sobre igualdade de salários, isso é um absurdo. Como que a PROTAGONISTA DA SÉRIE ganha menos que o seu companheiro?

Os produtores reconhecem a incoerência de ter a rainha (protagonista da série) em desvantagem salarial, e atribuem a diferença do valor salarial ao currículo de Smith, que estreou algumas das temporadas de maior sucesso de Doctor Who entre 2010 e 2014. Com isso, eles garantem que isso irá mudar. A produtora Suzanne Mackie afirmou:

Daqui pra frente, ninguém recebe mais do que a rainha.

The Crown ainda não tem data definida para retornar. As duas temporadas anteriores estão disponíveis no catálogo do serviço de streaming.

via Omelete

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Claire Foy ganhou menos do que Matt Smith para ser protagonista da série "The Crown" 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.