Ellen Page diz que precisou de aulas de violino para compor personagem em "The Umbrella Academy" 16
Séries e TvNetflix

Ellen Page diz que precisou de aulas de violino para compor personagem em “The Umbrella Academy”

Em entrevista ao portal Comic Book Movie, Ellen Page comentou alguns detalhes do seu processo de pesquisa e aprendizado para compor a personagem na série The Umbrella Academy. Ela também agradeceu a sua professora de violino, que só tem dezesseis anos.

“Eu dei absolutamente o meu melhor e tive uma maravilhosa e paciente professora. Ela é um prodígio de dezesseis anos chamado Imogen. Foi um presente ouvi-la tocar. Eu definitivamente sei que as coisas não parecem tão boas quando vistas na série, é tão difícil. Muito difícil mesmo. Mas realmente, foi uma vitória tentar e conseguir fazer com que as coisas parecessem o mais humanamente confortáveis dentro do possível”.

Page também falou sobre suas percepções acerca da personagem, especialmente quando comparada a trabalhos anteriores.

“Para mim, em uma perspectiva pessoal, fazer Vanya é um dos meus trabalhos favoritos. O arco dela é interessante. Quando você fica entorpecido com o mundo e não sabe se relacionar com ele, torna-se desnecessário dizer que é difícil florescer de alguma maneira. Seja na vida pessoal, profissional, onde quer que seja. E, obviamente, Vanya está caminhando para um despertar do tipo”.

*The Umbrella Academy: Crítica da 1ª temporada

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Ellen Page diz que precisou de aulas de violino para compor personagem em "The Umbrella Academy" 17


O que você achou desse Post?

LOL
0
GOSTEI
0
AMEI
0
CONFUSO
0
Engraçado
0
Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Leave a reply

Next Article:

0 %