O último ano. A última batalha. Um final digno para os que ficaram com eles por seis anos.

Eu lembro da primeira vez que Grimm foi ao ar. Na época do dia das bruxas. A série de investigação com um toque de contos de fadas macabros queria dar um sustinho, e ninguém sabia ao certo se iria ficar ou não, afinal, hoje em dia parece não ser uma boa ideia se apegar a uma série. Nunca sabemos quando ela será cancelada. Ficar sem um final é uma das piores coisas para um amante de séries. Talvez seja melhor esperar para ver se a série ai passar da primeira temporada antes de investir o seu tempo.

Por sorte, Grimm conseguiu fazer um sucesso maior do que o esperado na NBC, que investiu na produção de David GreenwaltJim Kouf um bom tempo. Com o sexto ano chegando, a emissora decidiu dar uma última temporada para terminar a jornada de Nick Burkhardt (David Giuntoli). Uma temporada que traria o maior dos inimigos e colocaria um fim ao mistério das chaves.

Com um quinto ano incrível, cheio de ação, mistério e muitas reviravoltas com a introdução de uma grande organização, Grimm precisava caprichar para fechar seu sexto ano com chave de ouro. E o começo foi muito bom. Vimos Nick tendo que lidar com as consequências das ações de Sean Renard (Sasha Roiz). Eu gostei muito do modo que nosso herói provou sua inocência. Parecia que o sexto ano seria incrível.

Eis então que a série começou a parar de desenvolver seus mistérios, deixando os mesmos casos chatos de antes a levarem. Não que eu não goste dos casos envolvendo os Wesen, mas com apenas 13 episódios, e muito ainda o que resolver, achei que eles se dedicariam apenas ao mistério principal e não nos mostrar um pouco a cada episódio

Será que teríamos um bom final?

Os últimos três episódios mostraram que sim, nós teríamos um grande final. A série entrou com tudo em um final bíblico, mostrando uma ameaça maior do que tudo que nossos heróis enfrentou. Grimm voltou a entrar com tudo em sua esquisitice e eu fiquei preso no meu acento vendo tudo se desenrolar, não sabendo como nossos heróis venceriam a batalha para salvar tudo que conheciam.

Foi um ótimo final. Nick foi colocado além de seu limite e mostrou porque ele foi o Grimm que torcíamos por seis anos. A cena final foi um presente para todo fã e deixou portas abertas para um bom spin-off se a emissora decidir um dia voltar a esse mundo. Eu agradeço a todos os envolvidos nessa série. Eu dediquei um bom tempo da minha vida a todos esses personagens e não me arrependo. Não são todas as séries que tem um final, que podem concluir seus mistérios e agradecer aos seus fãs.

Obrigado Grimm. Você nunca será esquecida e espero um dia voltar a luta com vocês.

Deixe sua opinião aqui :)