Já começaram as gravações do remake americano de Death Note 15
Séries e Tv

Já começaram as gravações do remake americano de Death Note

O Netflix acabou de anunciar que já começaram as gravações da adaptação americana de Death Note, o mangá de grande sucesso que se tornou um dos maiores fenômenos da cultura japonesa nos últimos anos, com sua trama original e inteligente.

Muitos estavam um tanto nervosos quando souberam que a Warner Bros iria comandar o longa, mas isso logo sumiu quando o diretor Adam Wingard revelou que o nosso amado serviço de streaming iria tomar conta da produção.

Adam já mostrava ter um carinho muito grande pelo mangá de Tsugumi e Takeshi, e os produtores Roy Lee e Dan Lin completaram sua visão dizendo ““Nossa visão sempre foi levar essa história cativante para as telas, tanto para os fãs do mangá, quanto para introduzir esse mundo obscuro e misterioso.”

Com uma produção totalmente fiel e apaixonada pela história original podemos ver uma grande adaptação pela frente, mesmo que algumas coisas tenham que ser mudadas pelo caminho (como os nomes).

A história gira em torno de Light Turner (Nat Wolff), que depois de encontrar um caderno que pode matar qualquer um que tenha seu nome escrito, começa uma jornada para exterminar os criminosos do mundo todo. Seus atos acabam chamando a atenção de L (Keith Stanfield), que é considerado o maior detetive do mundo. Ainda temos Margaret Qualley como Mia Sutton, Paul Nakauchi como Watari e Shea Whighan como James Turner.

Ainda não existe data de lançamento.

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Já começaram as gravações do remake americano de Death Note 16


O que você achou desse Post?

LOL
0
GOSTEI
0
AMEI
0
CONFUSO
0
Engraçado
0
Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Leave a reply