Loki é confirmado como gênero-fluido no MCU 4
Séries e TvDisney+

Loki é confirmado como gênero-fluido no MCU

A série do Loki chega ao Disney+ em 3 dias, e a Marvel divulgou uma nova prévia da série, onde podemos ver uma ficha dos arquivos sobre o Loki, que confirma o Deus da Trapaça é gênero-fluido no MCU!

No gênero-fluido, a pessoa não se identifica com uma única identidade de gênero, fluindo entre eles. Nos quadrinhos, essa decisão já é um pouco antiga, se tornando cânone em 2014, quando Odin se referiu a Loki como “meu filho, e minha filha, e meu filho que é ambos”.

Loki é confirmado como gênero-fluido no MCU 5

Em entrevista para a EW, o Presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, confirmou que veremos na série algumas versões alternativas do Loki e também de outros personagens:

“Parte da diversão do multiverso e de brincar com o tempo é poder ver versões alternativas dos personagens, inclusive outras versões do personagem principal”.

Após o Loki quebrar a linha natural do tempo, ele é preso pela TVA e obrigado a trabalhar para a organização e ajudá-los a reparar o estrago. E durante esta aventura, há um antigo rumor de que o Loki acabaria se deparando com algumas versões alternativas dele próprio.

via legadodamarvel

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Loki é confirmado como gênero-fluido no MCU 6


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Comments are closed.