Marco Polo primeira temporada|Critica da Série 3
Séries e Tv

Marco Polo primeira temporada|Critica da Série

Com o fim das aulas e todos aproveitando as festas, é bom relaxar com uma série que tem um dos cenários mais bonitos que o Netflix já trouxe para nós.

Marco Polo é a nova aposta do Netflix para o fim do ano, e antes que todos perguntem, não é baseado no jogo de piscina, mas sim num dos maiores aventureiros que o mundo já viu. Marco foi um comerciante, que viajou por lugares que muitos nem sonhariam em 1269. A série retrata o começo de suas viagens, quando ainda era um garoto tentando encontrar seu caminho entre os grandes viajantes, quando viajou pela primeira vez para a Ásia e conheceu o grande governante Kublai Khan.

Essa série foi descrito por muitos como a resposta do Netflix para o maior sucesso da HBO, Game of Thrones, e parte de mim concorda. As duas lidam com guerras entre homens poderosos, rebeliões, com personagens complexos, guerreiros e uma cultura rica,  embora Marco Polo ainda seja mais leve que Game of Thrones e o Mestre Polo precise cavalgar muito para chegar ao nível dos sete reinos.

Mesmo notando certas semelhanças, a série é fantástica. Algumas partes são um tanto chatas e paradas, mas quanto mais você vai chegando ao desenrolar da grande trama, você se perde em belas cenas e em personagens tão bem construídos. Já era uma da manhã, mas eu precisava saber como tudo terminava.

Acho que a unica reclamação legítima é que a série não é exatamente sobre as aventuras de Marco Polo e sim sobre ele sendo uma vitima dos horrores que acontecem entre dois reinos que se colidem. Eu estava esperando que a série se concentrasse mais do que em um única lugar e isso me decepcionou no começo, por sorte, você começa a ficar tão envolvido que logo esquece isso, e grande parte disso é por causa do próprio Marco Polo. O italiano Lorenzo Richelmy foi a escolha certa para ser nossos olhos e ouvidos no reino. Desde a primeira cena você se sente envolvido com o garoto.

1608891993

Marco Polo não foi além das minhas expectativas, mas acabou sendo um grande divertimento para o fim do ano. Eu adorei essa série e não entendo porque os críticos estão caindo tão em cima. Talvez eles esperassem que, como estamos falando do Netflix, eles trouxessem algo que calasse a boca de todos. Mas não fique ligado apenas á opinião dos críticos. Os espectadores acabaram amando a série, tanto que nunca vi uma série em que a opinião dos críticos fosse tão diferente á dos telespectadores.

Estou ansioso pelo que vêm por ai no reinado do grande Kublai Khan

maxresdefault

Veja o trailer da primeira temporada abaixo: 

[[youtube http://www.youtube.com/watch?v=9eaPkGPyF5U]]

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Marco Polo primeira temporada|Critica da Série 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.