House of Cards 5° Temporada | Crítica da Série 6
NetflixSéries e Tv

House of Cards 5° Temporada | Crítica da Série

Uma temporada que não conseguiu aproveitar todo o seu potencial

O final da quarta temporada de House of Cards com certeza deixou os fãs presos em seus acentos, querendo demais o quinto ano da série. Com as eleições chegando e Frank Underwood (Kevin Spacey) e Claire Underwood (Robin Wright) ameaçando começar uma guerra. O caos parecia que iria reinar quando casal mais poderoso e temido da Netflix voltasse.

Infelizmente não foi bem assim. Não vou dizer que não tivemos Frank manipulando as coisas daquele jeitinho que gostamos, nem bons personagens, afinal de contas, o elenco dessa produção é de dar inveja. O arco envolvendo Will Conway (Joel Kinnaman) tinha muito potencial e gostei de ver como o personagem não foi conseguindo lidar com a pressão do poder. O relacionamento que Claire teve com seu amante, Thomas Yates (Paul Sparks), e o final que teve será lembrando pelos fãs como um dos melhores momentos da série.

House of Cards 5° Temporada | Crítica da Série 7

DSC09336.ARW

Uma pena que momentos assim não foram muitos. Com a saída do produtor e showrunner Beau Willimon, a série acabou sendo prejudicada e muito. Os novos showrunners decidiram por tirar bastante a produção da realidade com situações que não faziam muito sentido. É claro que House of Cards é uma obra de ficção, mas ela sempre fora tão incrível por saber brincar bem com os bastidores do poder, e vendo Frank fazendo coisas tão absurdas sem ninguém questionar foi um tanto decepcionante. Acho que não serei só eu a estranhar a revelação dele no final.

Mas não posso só condenar a série. Sua cena final conseguiu abrir grandes portas, além de certos aspectos que fizeram a série ser o que é hoje estarem lá, o grande problema mesmo foi a dupla de showrunners que colocaram. Eles não eram de longe tão bons quanto Beau. 

House of Cards 5° Temporada | Crítica da Série 8

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


House of Cards 5° Temporada | Crítica da Série 9







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Netflix

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.