Insatiable 1° Temporada | Crítica da Série

Uma série que precisa urgentemente de foco

Antes mesmo de estrear muitos estavam falando de Insatiable. A nova produção da Netflix foi acusada de gordofobia e de muitas outras coisas só pelo seu trailer. Enquanto muitos diziam que devíamos esperar a série ser lançada antes de a julgarmos, agora que finalmente estreou, será que Insatiable é tudo isso que falaram?

Primeiramente tenho que dizer que o trailer da série é um tanto quanto apelativo, porque ele só representa os dois primeiros episódios da temporada. A produção, que mostra a vida de Patty Bladell (Debby Ryan) e seu treinador Bob Armstrong (Dallas Roberts) depois do acidente que levou a garota a se tornar o que muitos consideram “a garota ideal“, é muito confusa. Ao longo dos doze episódios a série vai sofrendo tantas reviravoltas, mudando completamente, que eu nem sabia mais o que estava acontecendo.



Isso se deve muito a um roteiro fraco que não sabe o que quer fazer. A dupla de protagonistas até tenta se impor, mas a falta de foco é um problema grave. Parecia que a showrunner Lauren Gussis queria nos dar uma história bem maluca, brincando com temas um tanto quanto delicados do mesmo jeito que muitos desenhos adultos já o fizeram, mas não tem muito o que se aproveitar aqui.

No final, não vejo muitas pessoas saindo dessa temporada já querendo a segunda. 




» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Luke Evans se junta a Emma Watson no elenco de A Bela e a Fera