Jessica Jones: 2° Temporada | Crítica da Série

Jessica Jones continua fascinante em sua segunda temporada

Depois de se unir ao Demolidor (Charlie Cox) e aos outros heróis urbanos de Nova York em Os Defensores, Jessica (Krysten Ritter) retorna mais uma vez em sua segunda temporada. Acho que muitos estavam curiosos quanto ao segundo ano da investigadora, principalmente gora que Killgrave (David Tennant) não estava mais entre os vivos. A duvida era se eles conseguiriam trazer a tona uma história tão boa quanto a antecessora.

Infelizmente não, mas não vamos dizer que essa temporada não valeu à pena, porque valeu sim. Krysten mais uma vez nos entregou uma ótima performance, tão impactante quanto envolvente, ainda mais que o peso dramática do enredo vai para o relacionamento de mães e filhas, e temos Trish (Rachael Taylor) para dividir esse tema. Acho que posso dizer que ninguém do nosso elenco principal desapontou.



O problema de Jessica Jones ainda está no seu ritmo. Ás vezes parado e um tanto entediante em alguns momentos, os produtores tem sorte de ter bons roteiristas e atores para compensar esses momentos. É bom poder dizer que os acertos foram muito maiores do que os erros.

Marvel’s Jessica Jones

Mas mesmo com a ótima adição de Janet McTeer e sua dinâmica com Krysten tão natural quanto orgânica, a temporada ainda sofreu com a falta de David Tennant. Ele trouxe algo único ao universo de Jessica Jones e, mesmo com a breve aparição do ator, os roteiristas não conseguem preencher o vazio. Infelizmente não tivemos um bom vilão.

No entanto, como a segunda temporada de Demolidor, que não conseguiu superar sua primeira, o segundo ano de Jessica Jones é mais uma boa pedida para os fãs da parceria Netflix e Marvel.




» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Capa nacional Proibido (‎Forbidden), da autora Tabitha Suzuma