Legítimo Rei | Crítica 6
NetflixCríticas de Filmes

Legítimo Rei | Crítica

Chris Pine é a grande estrela do novo filme da Netflix sobre um dos grande reis da Escócia e sobre sua batalha para libertar sua terra da Inglaterra. Legítimo Rei é um filme que muitos estavam esperando, grande parte talvez para ver mais de Chris, um ator que se consagrou muito ao longo dos anos e cujo carisma é mais do que inegável depois de Mulher-Maravilha. Aqui podemos ver como ele pode crescer muito e que os estúdios não deviam se segurar na hora de coloca-lo como herói em suas próximas produções. Se uma coisa podemos dizer com certeza do filme de David Mackenzie é que ele acertou em cheio no seu protagonista.

Legítimo Rei | Crítica 7

Já o longa em si talvez incomode alguns. Eu gostei do modo como David consegue filmar de um jeito épico, usando o melhor de suas locações para que ela trabalhe junto com sua história. Aqui temos um filme que quis focar numa narrativa mais épica de reis e cavaleiros, que você pode encontrar em filmes antigos ou em peças, do que em elementos hollywoodianos.

Legítimo Rei | Crítica 8

Infelizmente, o filme não trabalha isso direito e isso se dá muito pelo seu roteiro. Ele pode ser monótomo e tedioso em alguns momentos, faltando trazer para a tela aquela sensação de jornada épica que o diretor e a equipe tanto se esforçaram para que acontecesse. 

No final, acho que posso dizer que esse era o papel certo para Chris, mas poderia ter um diretor ou roteirista melhor. 

Legítimo Rei | Crítica 9

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Legítimo Rei | Crítica 10


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Netflix

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.