O Mecanismo 1° Temporada | Crítica

Uma série que conseguiu mexer com a indignação dos brasileiros

O Mecanismo é a mais nova série nacional da Netflix que conseguiu atrair a atenção e indignação de muitos, não pela qualidade da série em si, mas pelo seu trabalho fictício em relação as investigações que rondam a Lava-Jato. Com produção de José Padilha (Narcos) e roteiro de Elena Soárez somos levados de volta a um dos maiores escândalos que marcaram o país, com direito até a versões fictícias de figuras publicas, afinal, embora muitos se esqueçam, essa produção não se trata de um documentário.

Mas depois de ver toda a primeira temporada, tirando de lado todas as polêmicas, será que o novo trabalho de Selton Mello é bom? Para mim a série conseguiu ser melhor do que esperado. Mesmo não conseguindo ser aqueles dramas que nos pegam de jeito, O Mecanismo é uma ótima produção, com roteiro decente e uma dupla de protagonistas mais do que perfeita. Selton Mello e Carol Abras são a principal razão da série dar certo, com um destaque para Abras, por ter se entregado de corpo e alma na investigadora Verena Cardoni.

No entanto, talvez essa produção tenha dificuldade para alcançar o público internacional, já que ela mexe forte demais na ferida da vida dos brasileiros. Talvez você precise conhecer bem o país para se envolver da maneira certa e isso poder ser um problema. Será que isso vai fazer com que eles vejam melhor os erros do enredo?

No final, O Mecanismo é uma série boa que traz tema interessantes, que se trabalhados da maneira certa, podem fazer a produção evoluir muito. Eu mesmo quero ver o desenrolar dessa jornada e fico muito feliz em ver mais uma boa pedida nacional na Netflix.

Leia Mais
Resenha: Sexo na Lua, de Ben Mezrich.