O Príncipe Dragão: 1° Temporada | Crítica da Série 14
NetflixSéries e Tv

O Príncipe Dragão: 1° Temporada | Crítica da Série

A magia está com tudo na Netflix!!

Parece que a Netflix está mostrando que domina no quesito animações. Enquanto muitas emissoras estão focando em desenhos muito infantilizados, o serviço de streaming nos entrega histórias que você pode se divertir junto com seu priminho. Primeiro foi Caçadores de Trolls, agora temos O Príncipe Dragão, uma história mágica sobre dois irmão, uma elfa, e uma guerra que dividiu um mundo mágico quando um dragão foi assassinado

O Príncipe Dragão: 1° Temporada | Crítica da Série 15

Em termos de animação, esse estilo não é meu favorito, mas não consigo imaginar essa série de outro jeito. A história flui perfeitamente com os traços dos animadores e as vozes dos dubladores. É bom quando encontramos uma história que tem coração e um grupo de protagonistas divertidos e que podem crescer muito. Como fã de Harry Potter sempre busco história assim e Aaron Ehasz e Justin Richmond me deram a magia que eu queria.

O Príncipe Dragão: 1° Temporada | Crítica da Série 16

Com episódios curtos e um ótimo roteiro guiando nossos heróis, vai ser difícil não maratonar a jornada de Callum (Jack De Sena), Rayla (Paula Burrows) e Ezran (Sasha Rojen) num fim de semana. 

O Príncipe Dragão: 1° Temporada | Crítica da Série 17

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


O Príncipe Dragão: 1° Temporada | Crítica da Série 18


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Netflix

Leave a reply