Ozark: 1° Temporada | Crítica da Série 6
NetflixSéries e Tv

Ozark: 1° Temporada | Crítica da Série

Órfãos de Breaking Bad vão pedir loucamente a segunda temporada

Ozark é a mais nova série da Netflix e com certeza é uma forte candidata de melhor nova série do ano ou pelo menos o melhor novo trabalho do serviço de streaming

Com uma produção de dar inveja, o trabalho Bill Dubuque e Mark Williams consegue passar toda a sensação de melancolia e desespero nos pequenos detalhes. Desde a fotografia impecável e direção certa, até o cenário e o modo como os personagens são introduzidos a essa pequena cidade no Missouri.

Ozark: 1° Temporada | Crítica da Série 7

Jason Bateman dá a atuação da sua carreira como o chefe de família que leva sua família para longe de Chicago para protegê-los do cartel de drogas que trabalhava lavando o dinheiro. A partir daí vemos a sua luta para transformar a cidade de Ozark na nova lavagem de dinheiro do Cartel.

Eu adorei a inteligencia do personagem. Ele é um homem de negócios e usa seu conhecimento de dinheiro e estatística a seu favor para salvar tanto sua família como a si mesmo. Ele arrastou todos para um mundo que não podem escapar e cada situação, o drama que sua mulher e filhos tem que lidar nesse novo lugar onde eles sabem que também não estão seguros, só posso dizer que viciei como um louco.

Ozark: 1° Temporada | Crítica da Série 8

A season finale foi com certeza uma das mais inteligentes e insanas que já vi. Ela deu vários caminhos para Ozark seguir, caminhos perigosos que vão exigir mais dos personagens e seus atores, mas eu não estou preocupado com isso. Só em ter que esperar um ano para o retorno dos Byrde.

Eu me atrevo a dizer que a Netflix está no caminho de encontrar seu Breaking Bad.

Confira o trailer:

[]

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Ozark: 1° Temporada | Crítica da Série 9


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Netflix

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.