Segurança em Jogo: 1° Temporada | Crítica

Fãs de mistério vão adorar o novo trabalho de Richard Madden

Segurança em Jogo é mais uma das produções que carregam o selo Original Netflix e o mais novo trabalho de Richard Madden, mais conhecido por Game of Thrones. O eterno Robb Stark deixou muita saudade, mas aqueles que queriam mais de Richard não ficarão decepcionados com essa série.

Na primeira temporada, o veterano do exército britânico David Budd (Richard Madden), que sofre com stress pós traumático, segue a vida como segurança particular de políticos. Seu novo desafios é proteger Julia Montague (Keeley Hawes), em um cenário de atentados terroristas, que só pioram sua condição. É meio difícil não se envolver com essa trama. Os roteiristas fizeram um bom trabalho, mas são os atores que merecem nossos aplausos. Eles se encaixaram perfeitamente em seus papeis, principalmente Richard e Keeley.

A química entre ambos era perfeita. É possível sentir a tensão em cena e isso ajuda a compensar certas decisões na trama que aconteceram rápido demais. Eu entendo que estamos falando de seis episódios, e para que que todo aquele arco fosse contado, você não podia enrolar. Mas gostaria que certos acontecimentos levassem mais tempo. Quando algo ocorre muito rápido pode se tornar muito irreal aos olhos dos telespectadores.

No entanto, momentos assim foram poucos. O showrunner Jed Mercurio entregou uma ótima primeira temporada, cheia de plot twists e com grandes possibilidades. David é o tipo protagonista imperfeito, cheio de camadas, que podem render boas histórias.

3.9

Leia Mais
Doutor Estranho – Marvel divulga primeiro teaser trailer oficial do filme!