O Legado de Júpiter: série é cancelada pela Netflix 6
Séries e TvNetflix

O Legado de Júpiter: série é cancelada pela Netflix

O Legado de Júpiter foi cancelada, mas isso não significa o fim de seu mundo. De acordo com o Deadline, depois de apenas uma temporada, a Netflix liberou o elenco da série de super-heróis de seus contratos, efetivamente fechando a porta para quaisquer episódios adicionais do seriado.

A notícia, no entanto, não significa o fim definitivo da história da série. Isso porque a Netflix confirmou a produção de uma série sobre os Supercrooks, os vilões que povoam o mesmo universo.

“Estou muito orgulhoso do que a equipe conseguiu com ‘O Legado de Júpiter’ e do incrível trabalho que todos fizeram nessa temporada de origem. Me perguntaram muito sobre o que estamos planejando a seguir com este mundo e a resposta é: ver aquilo que os super-vilões estão fazendo. Sempre amei histórias de crimes de Scorcese a Tarantino, e super-vilões são sempre a parte mais divertida de qualquer história de super-herói”, disse Millar.

A primeira temporada de Supercrooks terá 13 episódios, com duração de 30 minutos cada.

via tecmundo / observatoriodocinema

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


O Legado de Júpiter: série é cancelada pela Netflix 7







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Comments are closed.