Riverdale 2° Temporada | Crítica da Série

Um segundo ano que veio para expandir a série

Depois da season finale da primeira temporada muitos estavam curiosos para saber o destino de um certo personagem e o que os roteiristas estavam preparando. Tenho que dizer que a segunda temporada realmente teve coisas boas, desde o arco do Black Hood e outros mistérios relacionados ao irmão de Betty Cooper (Lili Reinhart) e Jughead Jones (Cole Sprouse) entrando mais a fundo no mundo dos Southside Serpents. Tivemos momentos mais do que bons, infelizmente, enquanto a série acertava muito em um lado, ela errava muito no outro.

O arco das famílias mafiosas envolvendo Archie Andrews (KJ Apa) e Veronica Lodge (Camila Mendes) não foi muito satisfatório. Nem o jeito divertido e único de Veronica conseguiu salvar um enredo pouco interessante e um tanto arrastado que você torcia que acabasse para que voltasse a Jughead. O personagem a cada episódio está se mostrando a salvação da série, e talvez o principal motivo dela conseguir manter um ritmo satisfatório, algo que devia ser tarefa de Archie. O protagonista parece só estar no enredo para ser o rosto bonito, que só no final se torna interessante e mostra seu potencial. Ele não podia ser assim a série inteira?

Entre acertos e erros, a série conseguiu dar um passo a frente e pode nos dar uma terceira temporada muito interessante com sua season finale.




» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Divulgado primeiro pôster da 7ª temporada de The Vampire Diaries