Os fãs, com certeza, pelo menos aparentemente, já aceitaram o fato de SCREAM, em seu terceiro grito, retornar em forma de REBOOT.

Durante as duas primeiras temporadas, a série, livremente inspirada na franquia SCREAM, que ganhou em terras tupiniquins a tradução PÂNICO, lutou para aproximar os quatro (memoráveis) filmes com os sustos do novo formato.

A princípio, vendo de longe (ou, quem sabe, até se aproximando um pouquinho), o maior ponto em comum foi atingido com sucesso: um grupo de jovens estudantes e um assassino sangrento, imaginativo/vingativo, sempre à espreita.

No entanto, quem aceitou o desafio de assistir, notou explicitamente que a maior semelhança entre as obras, telefonicamente falando, recai sobre os telefonemas recebidos pela mocinha da trama. Não diferente de Sidney Prescott (Neve Campbell), a heroína de SCREAM no cinema, Emma Duval (Willa Fitzgeral) deve “bons” momentos ao telefone com o mascarado da vez.

E a dúvida que fica, já que Emma e sua turma de sobreviventes não voltarão, é a seguinte: se sobrevivermos até a estreia da terceira temporada (março de 2018), qual nome indefeso ouviremos aquela voz rouca e enigmática soltar depois do amedrontador HELLO…?  



Deixe sua opinião aqui :)

No more articles