Supernatural: 12° Temporada | Crítica da Série 5
Séries e Tv

Supernatural: 12° Temporada | Crítica da Série

Uma temporada com altos e baixos, mas com uma season finale incrível

Supernatural chega ao final de seu décimo segundo ano em uma temporada que escolheu ir ao fundo na mitologia dos Men of Letters, ao mesmo tempo que voltou a trazer a batalha contra o Diabo (Mark Pellegrino). Enquanto a temporada se dividia em dois temas também tivemos o retorno de uma personagem que moldou a jornada de Sam Winchester (Jared Padalecki) e Dean Winchester (Jensen Ackles): sua mãe, Mary Winchester (Samantha Smith).

Eu tenho que dizer que estava um tanto curioso para conhecer mais a mãe dos Winchester. Até agora só a vimos quando nossos heróis voltavam no tempo ou tinham algum flashback. Mary é o tipo de mulher durona que você acreditaria ser a mãe dos maiores caçadores que existem. Ela também é um tipo de personagem que muitos vão odiar ou amar pelas suas atitudes com os garotos. O relacionamento dela e de Dean é algo que marcou o arco dessa temporada que se concentrou muito em confiança e família, um tema muito forte da série.

Supernatural: 12° Temporada | Crítica da Série 6

Eu tenho que dizer que é difícil ver para onde os Winchester vão, porque a série já fez quase tudo. Encontramos Deus (Rob Benedict), sua irmã malvada (Emily Swallow) e lutamos ao lado de Castiel (Misha Collins) e Crowley (Mark A. Sheppard) tantas vezes que não tem muito mais o que fazer. Tanto que muitas vezes eu me perguntava quando é que eles iriam acabar com tudo isso? Não aguentava mais continuar naquela jornada.

Mas foram poucas vezes. Mesmo eles já tendo ido mais do que deveriam, essa ultima temporada conseguiu expandir muito bem a mitologia da série. Ela com certeza nos deu uma season finale incrível, tão boa quanto a da 8° temporada, e estou muito ansioso para o décimo terceiro ano. As consequências desse final podem nos render mais duas temporadas. Algo me diz que essa foi a intenção já que os produtores querem acabar tudo na 14° temporada.

Supernatural: 12° Temporada | Crítica da Série 7

Supernatural — “Alpha and Omega” — SN1123a_0157.jpg — Pictured (L-R): Jared Padalecki as Sam and Jensen Ackles as Dean — Photo: Katie Yu/The CW — © 2016 The CW Network, LLC. All Rights Reserved

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Supernatural: 12° Temporada | Crítica da Série 8


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.