Teen Wolf: 5° Temporada | Crítica da Série 16

Teen Wolf: 5° Temporada | Crítica da Série


É oficial. Teen Wolf voltou a ser aquela série tensa e imperdível.

É muito bom poder dizer aquelas palavras. Teen Wolf vem se recuperando lentamente de seu quarto ano. Depois de introduzirem os Dread Doctors, a série parecia estar indo para um caminho interessante na primeira metade de sua nova temporada, mas ela ainda estava um pouco distante do que um dia já foi.

Os últimos episódios a trouxeram de volta com tudo. Deixando de lado certos elementos para se concentrarem na Besta de Geváudan, uma estratégia muito inteligente, os produtores deixaram até os médicos um pouco de lado para explorar esse super lobisomem. Um caçador além de tudo que Scott (Tyler Posey), Stiles (Dylan O’Brien) e o resto do grupo já viu. Tudo isso antecedendo uma grande batalha que estava por vir entre a Besta e o Cão dos Infernos.



Teen_Wolf_Season_5_Episode_10_Status_Asthmaticus_Dread_Doctors_Strange_Mural

O resgate de Lydia (Holland Roden) do manicômio em Eichen House foi o momento que a série voltou a prender o espectador, e preparou bem o terreno para a grande pergunta que estava por vir: Quem é a Besta? 519_tw_NA_86240104_1083607.mov.mp4.Still091_edited

Essa pergunta foi bem guardada e a resposta me surpreendeu. Eles realmente quiseram que a pessoa fosse quem menos esperávamos e eu gostei disso. Essa segunda metade da temporada foi sobre redimir seus erros, reunir o bando e ir a luta e Jeff Davis conseguiu fazer isso muito bem. Mesmo com uma season finale um pouco confusa, consegui ver a série renascer como a Besta.

Não me levem a mal, eu gostei do final, mas achei que foi muita coisa para um único episódio. Teria sido melhor se tivessem dado uns dois episódios amais para a conclusão dos eventos. Foram reviravoltas e traições demais para poucos minutos.

Mas uma coisa que gostei muito foi como Jeff recolocou Crystal Reed na trama. Não, Allison não voltou. Ela está morta e acho que ficará assim para sempre. No entanto, foi como eles falaram: No final, acabamos nos reencontrando. Talvez nós nunca partimos de verdade.

Theo (Cody Christian) recebeu o que mereceu e o nosso grupo volta a encontrar os seus caminhos, sempre unidos. Acho que foram poucas coisas que não gostei dessa segunda parte, uma delas sendo o arco de Malia (Shelley Hennig) com a mãe. Foi muito irrelevante comparado ao arco principal. Eles deviam ter esperado um pouco.

Acho que posso dizer que estou preparado para a sexta temporada.

teen-wolf-5-malia-kira-stiles-scott

Confira o trailer abaixo:

[[youtube https://www.youtube.com/watch?v=zXhyp5ovtKs]]


Teen Wolf: 5° Temporada | Crítica da Série 17

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Teen Wolf: 5° Temporada | Crítica da Série 27
Burn Indica: Believe + Resurrection