Uma temporada com altos e baixos e decisões conturbadas

The Walking Dead retorna para seu oitavo ano, agora nos dando a guerra que tanto queríamos depois de uma sétima temporada que não soube aproveitar todo potencial que Negan (Jeffrey Dean Morgan) e os Salvadores trouxeram. Rick (Andrew Lincoln) estava pronto para contra-atacar com tudo e eu estava esperando muito dessa temporada. Será que dessa vez teríamos algo épico?

A resposta é não. Os produtores nos deram uma guerra. Na verdade, a temporada inteira foi uma guerra contra os Salvadores, com armas, explosões e tudo que a temporada passada não foi. Isso devia ter deixado os fãs felizes e num certo ponto até que foi uma grande melhora comparado aos acontecimentos passados.

Uma pena que o showrunner Scott M. Gimple tomou decisões duvidosas ao longo do caminho que acabou prejudicando o desenvolvimento da série. Eu ainda sinto que The Walking Dead mostra um grande potencial, mas que não está sendo aproveitado de verdade e talvez só seja se os roteiristas mudarem um pouco sua abordagem. A série já nos deu grandes momentos e pode continuar nos dando se certos arcos forem acertados.

Vamos esperar para ver o que a nona temporada pode nos dar


» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «
The Walking Dead 8° Temporada | Crítica da Série
76%Pontuação geral
Personagens 85%
Enredo 65%
Fotografia 75%
Efeitos Especiais 80%
Trilha Sonora 75%
Votação do leitor 0 Votos
0%

Deixe sua opinião aqui :)

Sem mais artigos