Toda luz que não podemos ver vai virar série da Netflix 3
Séries e TvNetflix

Toda luz que não podemos ver vai virar série da Netflix

A Netflix adquiriu os direitos para produzir uma minissérie baseada no livro Toda luz que não podemos ver, romance de Anthony Doerr, que recebeu o Pulitzer de Ficção em 2015. A produção está a cargo da 21 Laps, empresa responsável pelos sucessos Stranger Things e A chegada.

Na trama, Marie-Laure perde a visão aos seis anos de idade. Ela vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai trabalha. Durante a ocupação nazista na cidade, os dois fogem para Saint-Malo e levam consigo um dos mais valiosos tesouros do museu.

Enquanto isso, na Alemanha, o órfão Werner se encanta por um rádio que encontra no lixo certo dia. Com o tempo, ele acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe garante uma vaga na escola nazista e, logo depois, em uma missão especial. Cada vez mais consciente das terríveis consequências de seu trabalho, o rapaz é enviado para Saint-Malo. Lá, seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial.

Com 150 mil exemplares vendidos no Brasil, Toda luz que não podemos ver é uma emocionante história sobre o que há além do mundo visível em meio aos horrores da guerra.

A minissérie de Toda luz que não podemos ver ainda nem estreou, mas já queremos saber: há chances de ganhar mais temporadas?

via intrinseca

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Toda luz que não podemos ver vai virar série da Netflix 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Leave a reply