Sou do tipo que nunca teve TV por assinatura, e é algo que se mantém até hoje. O mais próximo que cheguei disso foi com o Netflix. Pois bem, recentemente lá estava eu zapeando pelos canais durante a tarde, tentando fugir da Sonia Abrão, quando, na Rede Brasil de Televisão, me deparo com a chamada de um programa que tinha o costume de assistir com minha mãe quando pequeno. Era nada menos que o Batman dos anos 60 (que hoje em dia é conhecido pelos jovens como “Batman Na Feira da Fruta”). É claro que, para alguém nos seus vinte ou trinta e poucos anos, a série é uma das coisas mais piegas que existe e nos provoca uma vergonha alheia imensa, mas não deixa de ser divertida, justamente pela cafonice nostálgica que proporciona. E, ao contar isso a ela, minha mãe abriu um enorme sorriso e anotou o horário para que pudesse assistir.

O que Christopher Nolan acharia disso?

Sei que você já deve ter ouvido seus pais ou avós reclamarem que hoje em dia não são feitos bom seriados, ou quando te pegam assistindo Game of Thrones comentam que “bom mesmo era O Túnel do Tempo”. Por mais que não nos caiba essa realidade, é inegável que esses programas fizeram parte das vidas dos nossos progenitores e abriram espaço para o desfile de séries e sitcoms que tanto apreciamos atualmente (sim, o seu amado Friends precisa agradecer à Jeannie É Um Gênio). E se você não tem uma pequena fortuna para presentear seus pais com os boxes dessas obras raras, a RBTV é uma boa indicação para eles, que, se não acabarem com os olhos marejados pelas lembranças, com certeza vão rir de algo que, décadas atrás, costumava ser levado a sério.

Diariamente, na grade da Rede Brasil, estão algumas dessas séries que a geração anterior vai amar rever, e talvez você também vire fã. Entre elas, Zorro (com o sex symbol Guy Williams, que mais tarde estrelaria Perdidos no Espaço); A Ilha da Fantasia; Agente 86; Tarzan (perfeitamente barbeado e com o corte de cabelo em dia); A Feiticeira; Os Três Patetas; Além da Imaginação (uma antologia de ficção científica e mistério que deixava todo mundo bolado), entre muitas outras.

A programação e horários de exibição das séries podem ser encontrados no site da Rede Brasil de Televisão.

Guy Williams, o Zorro definitivo; e Ron Ely, o Tarzan que era o Ryan Gosling da época.

Deixe sua opinião aqui :)

Sem mais artigos