“Os Últimos 5 Anos” mostra que o amor pode não ser o suficiente

O que é necessário para um relacionamento dar certo? Muitos responderiam “amor” automaticamente porque somos condicionados a acreditar que essa é a força mais poderosa no mundo. Entretanto, frustrações, egos e mágoas podem acabar com algo tão puro.

No espetáculo Os Últimos 5 Anos, conhecemos Cathy Hyatt e Jamie Wellestein, um feliz casal. Enquanto ela é uma atriz em busca de uma grande chance, ele é um romancista que alcançou a fama. As situações opostas de suas carreiras afetam a relação dos dois e fazem com que eles trilhem caminhos que os afastam cada vez mais.



O musical nasceu em 2001, em Chicago, estreando no circuito off-Broadway no ano seguinte. Desde então, a produção já passou por mais de 10 países, ganhou uma versão cinematográfica, protagonizada por Anna Kendrick e Jeremy Jordan, e chegou ao Brasil para uma curta temporada em São Paulo.

Um dos grandes destaques em Os Últimos 5 Anos é forma como a história é contada. A princípio, pode parecer confuso, mas é genial como Jason Robert Brown expôs os dois lados da moeda colocando Cathy abordando os fatos do fim para o começo e Jamie na ordem cronológica. Por conta disso, o público nota um contraste absurdo entre os personagens ao longo a peça. Na verdade, em apenas uma cena os dois se encontram no mesmo espaço-tempo e estão em sintonia.

Crédito: Gustavo Arrais/Divulgação

A direção da montagem ficou por conta do premiado João Fonseca, que soube adaptar muito bem a obra para a realidade paulistana. A sua abordagem minimalista redirecionou a atenção para os protagonistas de forma eficaz e natural. 

A trilha sonora, responsabilidade do diretor musical Thiago Gimenes e do versionista Rafael Oliveira, emociona, envolve e torna-se um terceiro protagonista nessa narrativa. É sempre um desafio adaptar as letras para que elas sejam ajustadas ao público brasileiro sem perder sua essência, mas a tarefa foi cumprida muito bem, também graças aos músicos Tiago Fusco, Thiago Saul e Leandro Tenório.

Falemos agora dos protagonistas Beto Sargenteli e Eline Porto, que produzem pela primeira vez ao lado do produtor executivo Lucas Mello. A sintonia do casal fica explícita e, assim como deve ser em um relacionamento, eles se completam. Sargenteli tem uma energia contagiante e envolve a plateia com muita facilidade, o que torna difícil não querer cantar ou dançar junto com o ator. Porto, em contrapartida, sabe tocar mesmo a parte mais inóspita de um coração com sua ótima interpretação dramática. Sem dúvida, eles começaram de pé direito nessa vida dupla como atores e produtores.

O espetáculo não deseja apontar quem está certo ou errado em um relacionamento. Efetivamente, ele escancara uma realidade amarga que nem sempre estamos prontos para encarar: por bem ou por mal, todos nós conheceremos a verdade sobre as nuances do amor.

Os Últimos 5 Anos permanece em cartaz até 19 de novembro de 2018.

Local: Teatro Viradalata (Rua Apinajés, 1387 – Sumaré).

Dias e horários: Domingos às 21h30 e segundas-feiras às 21h.

Ingressos: a partir de R$25,00 e podem ser comprados pelo Ingresso Rápido ou na bilheteria local.

FICHA TÉCNICA

Direção: João Fonseca

Direção Musical: Thiago Gimenes

Versão brasileira: Rafael Oliveira

Elenco: Beto Sargentelli e Eline Porto

Músicos: Tiago Fusco, Thiago Saul e Leandro Tenório

Visagismo: Marcos Padilha

Design de Luz: Paulo César Medeiros

Design de Som: Tocko Michelazzo

Fotografia: Gessica Hage

Arte|Designer: Caio Bonicontro

Produção Executiva: Lucas Mello

Gerente de Produção: Maria Pia Calixto

Assessoria de Imprensa: Grazy Pisacane | GPress Comunicação

Realização: Lumus Entretenimento, H

Produções e Andarilho Filmes

Patrocínio: Solví | Loga 

Apoio Cultural: Porto Seguro

Atuações
Direção
Direção Musical
Cenografia
Nota dos Leitores:1 Vote4.9
4.8




» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Idris Elba vai estrelar musical de O Corcunda de Notre-Dame produzido pela Netflix