Primeira sessão de “Cursed Child” é aclamada pela crítica e pelo público geral!

A primeira sessão da Parte I da peça “Harry Potter and the Cursed Child” (“Harry Potter e a Criança Amaldiçoada”, em tradução livre) aconteceu hoje à tarde em Londres, e a crítica/público foi a loucura com o que foi exibido na peça.

Pelas redes sociais, muitos declararam ter amado o que viram, bem como a crítica especializada.



“Jamie Parker, Noma Dumezweni e Paul Thornley interpretam os personagens que nós conhecemos e amamos perfeição. Mas são as crianças que roubam a cena, junto com todo o drama dos livros e filmes, um monte de risadas e efeitos especiais fantásticos.”

Até o momento, somente o The Mirror publicou em seu site uma crítica rápida e sem nenhum spoiler. A equipe do PotterIsh já traduziu o texto e vocês podem conferir abaixo: 

13350357_1226704740682018_5900935183174204667_o

 

Uma noite mágica em que as crianças roubaram a cena
The Mirror – Clare Fitzsimons
Traduzido por: Dimitri Manaroulas.
Revisado por: Juliana Torres.

O balançar da capa de um bruxo foi o suficiente para transportar um teatro cheio de trouxas para o mundo mágico de “Harry Potter”.

Feitiços e encantamentos combinados com risadas e drama significam que “Harry Potter and the Cursed Child” será o sucesso que todos esperavam.

Se você não sabia que esta era a peça mais esperada dos últimos anos, a fila que se estendia ao redor do teatro pode ter sido uma dica.

Essa pode ter sido a oitava parte da história épica, mas claramente o público está longe de se cansar do seu bruxo favorito.
E, ao julgar pelos gritos e aplausos, ninguém se decepcionou.

Desta vez, Harry está no palco em vez das páginas ou das telas, mas a peça continua de onde os livros e filmes pararam, 19 anos após o encontro do trio com as Relíquias da Morte.

Harry é um trabalhador sobrecarregado do Ministério da Magia, enquanto seu filho mais novo Alvo é o que agora inicia sua incursão no mundo da magia.

A noite de estreia oficial ainda está a mais de um mês para acontecer, mas centenas de fãs lotaram o Palace Theatre em Londres para a primeira noite de prévias da primeira de duas partes da produção.

J.K. Rowling implorou aos fãs para que não entregassem os segredos da trama e a estragassem para os outros, mas é preciso dizer que o mundo extraordinário que ela trouxe à vida nos livros best-sellers e nos filmes de sucesso é evidente em todas as cenas no palco também.

Mas essa é uma peça da qual você não precisa ser um fanático por Harry Potter para gostar.

Claro que tem dúzias de piadas internas e coisas especiais para os super-fãs.

Mas até um completo novato em “Harry Potter” que não sabe a diferença entre um feitiço Expelliarmus e uma casa de Hogwarts pode aproveitar cada segundo da peça.

Não há como negar que é longa.

A primeira aventura do bruxo foi feita numa escala tão épica que teve de ser dividida em duas peças – a primeira dura 2 horas e 40 minutos e a segunda é apenas 5 minutos mais curta.

Mas, certamente, não parece. Os efeitos especiais produzem momentos realmente mágicos e é fácil se esquecer de que você é apenas um trouxa.

Claro que, depois de tantos anos vendo Daniel Radcliffe, Rupert Grint e Emma Watson nos papeis de Harry, Rony e Hermione, é difícil imaginar outras pessoas os interpretando.

Mas Jamie Parker, Noma Dumezweni e Paul Thornley interpretam os personagens que nós conhecemos e amamos com igual perfeição.

Mas são as crianças que roubam a cena, junto com todo o drama dos livros e filmes, um monte de risadas e efeitos especiais fantásticos.

J.K. Rowling se certificou de que o público estará de volta para a segunda parte com um final cheio de suspense na primeira parte.
E se a segunda parte for tão boa quanto a primeira, não pode haver outro veredito.

A criança pode ser amaldiçoada, mas essa peça definitivamente não é.

via Potterish

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Conheça “O Espião da Classe Econômica”, livro de estreia do autor V.S. Fields