Pokémon Go: Até onde o aplicativo pode controlar sua vida e ou invadir sua privacidade? 4
Top

Pokémon Go: Até onde o aplicativo pode controlar sua vida e ou invadir sua privacidade?

O usuário Matheus Guide fez um post levantando uma questão que vem assombrando os jogadores de Pokémon Go pelo mundo: a privacidade dos usuários/até onde o aplicativo tem acesso aos seus dados/controla sua vida. 

Confira o post completo abaixo: 

Galera, uma pesquisa rápida me fez chegar ao seguinte:

1° O (Pokemon Go) foi fundado por esse cidadão: John Hanke
2° Ele também fundou a empresa Keyhole, Inc.
3° Essa Keyhole é um projeto de mapeamento de superfícies, foi comprada pelo Google e usado pra fazer o Google Maps/Earth e Street view.
4° Essa Keyhole foi patrocinada pela empresa In-Q-tel, que foi fundada pela CIA em 1999 (só entrar no site deles e comprovar).
5° Até aqui já podemos ver que a CIA indiretamente poderia ter acesso a todos os mapas do planeta, né? só que eles ainda não conseguiam entrar dentro das casas, correto?
6° Esses dias foi lançado o joguinho Pokemon Go, que virou febre na galera e geral anda usando, né?
7° Pra jogar você precisa dar permissão pro aplicativo usar a câmera, gps, microfone e até os dispositivos USB que estiverem conectados no seu smartphone.
8° Sempre que você aceita a permissão, o seu cel já acha 3 pokemons pertos de imediato (os 3 primeiros pokemons).
9° Quando você procura por pokemons dentro de casa, você permite o aplicativo ter uma foto da sala, incluindo as coordenadas e o ângulo do seu celular.
10° Você acabou de registrar as fotos de onde você mora por dentro e dar acesso ao aplicativo.

Mas Matheus, não é paranoia sua?

Veja bem, você leu os termos de aceitação pra usar o jogo? acho que ninguém vai ler né? são esses:

– “Nós cooperamos com agências do governo e companhias privadas. Podemos revelar qualquer informação a seu respeito ou dos seus filhos…”

No parágrafo 6 vocês podem achar isso também:
– “Nosso programa não permite a opção “Do not track” (“Não me espie”) do seu navegador”.

De nada, gente.

Fontes: http://bit.ly/2aek3JD – http://bit.ly/29A7iFu – https://twitter.com/zergulio

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Pokémon Go: Até onde o aplicativo pode controlar sua vida e ou invadir sua privacidade? 5


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Top

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.