Depois da polêmica envolvendo o vídeo do Pastor alemão nos bastidores do filme Quatro Vidas de Um Cachorro (A Dog’s Purpose), Gavin Polone, produtor do filme, usou sua coluna no THR para falar sobre o polêmico vídeo – veja aqui.

“Como você, tenho certeza, fiquei chocado quando vi o vídeo do set de Quatro Vidas de um Cachorro, de um treinador tentando coagir um pastor alemão a entrar na piscina. Diferente de você, o sentimento terrível desse vídeo foi maior em mim, porque sou produtor desse filme e muito da minha personalidade tem a ver com o fato de que sou um defensor dos animais […]. Então, a ideia de que estou ligado a uma acusação de abuso de um cachorro é dolorosa.

Quando clareei as ideias, soube que precisava descobrir como isso aconteceu, quem era o responsável e qual a minha parte em tudo isso […]. Fui até o escritório da Amblin para ver o vídeo completo e algumas fotos da filmagem. Como o vídeo do TMZ mostra, duas coisas são evidentes: o treinador tenta forçar o cachorro, por 35, 40 segundos, para dentro da água quando ele claramente não queria ir. 2) Em uma separada feita depois, o cachorro entra na água sozinho e, no final, fica submerso por uns 4 segundos. Essas duas coisas são absolutamente imperdoáveis e nunca deveriam ter acontecido. O treinador deveria ter parado no primeiro sinal de desconforto do cachorro e os treinadores da água deveriam ter ajudado para ele não ter afundado. O representante da AHA (American Humane Association), que foi pago para a produção para assegurar o tratamento aos cães atores, também deveria ter parado tudo imediatamente nessas duas partes […]. Porém, sem me eximir e a outros da culpa, tem mais coisas nessa história que vocês deveriam saber.

FESTA DE LANÇAMENTO CANCELADA E PRODUÇÃO DO FILME “QUATRO VIDAS DE UM CACHORRO” PODEM PEGAR 6 MESES DE PRISÃO POR MAUS TRATOS AO PASTOR ALEMÃO DO VÍDEO

Nos ensaios da cena, você vê que o cachorro não só não tem medo da água, como precisou ser segurado para não pular cedo demais […]. Nos ensaios também havia vários treinadores na piscina e plataformas para onde o cachorro poderia ir, se necessário […]. Antes da primeira filmagem, decidiram mudar o local de onde o cachorro pularia, o que causou o susto. Depois que ele não quis fazer, cortaram a cena, voltaram ao plano original e filmaram […]. Fica claro, vendo o vídeo completo, que o cachorro nunca foi forçado a entrar na água.

Uma coisa que peço para você considerar: por qual motivo a pessoa editou o vídeo para parecer que os vídeos eram juntos e escondeu que o cachorro estava bem e nunca correu perigo mortal? E por qual motivo isso ficou guardado por mais de um ano antes de ser divulgado? Se queremos proteger os animais, não queremos que a pessoa que fez isso pare de fazer outros filmes imediatamente? […]. Por último, quero que vocês pensem sobre a reação do PETA sobre tudo isso. Além do boicote, eles têm divulgado não somente o vídeo do TMZ, que não mostra uma versão completa, mas também incluiu um pedaço do nosso trailer com um cachorro pulando na água. Mas aquele cachorro não é real, foi feito em computação gráfica para o pulo na água. Em outra postagem, eles mostram um pastor alemão em uma gaiola de aço, que não é o nosso cão […].


Juro para você que não ligo para o lucro desse filme. Mas se estúdios pararem de fazer longas como Quatro Vidas de um Cachorro pelo medo de serem atacados por grupos como o PETA, e crianças que estão em idade de formação – como eu estava – não puderem assistir esses filmes, com certeza teremos um efeito negativo na proteção dos animais no futuro”.

O ator Dennis Quaid também falou sobre o ocorrido ao ET Online:

“Eu estava lá e não vi nenhum abuso de animal. Se tivesse, eu teria ido embora. Minha experiência é que os animais foram tratados muito bem. Não teve abuso. Aquele vídeo, que alguém segurou por mais de um ano e divulgou por dinheiro, não conta a história toda. Antes de tudo, foi editado e manipulado. E acho que é falso, para dizer a verdade”.

O longa acompanha as quatro vidas de Bailey (voz de Bradley Cooper) e sua busca pela razão de continuar voltando à Terra quando seu tempo nela acaba. A direção é de Lasse Hallström (“Sempre ao seu Lado”), e o elenco traz ainda Britt Robertson (“O Maior Amor do Mundo”), Dennis Quaid (“O Dia Depois de Amanhã”), Peggy Lipton e Juliet Rylance.


» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Baseado no best-seller homônimo de W. Bruce Cameron, “Quatro Vidas de um Cachorro” é uma produção da Amblin Entertainment, com produção executiva de Alan C. Blomquist (“Chocolate”).

Quatro Vidas de Um Cachorro já está em cartaz no Brasil.

Leia mais sobre Quatro Vidas de Um Cachorro

via Omelete

Deixe sua opinião aqui :)

No more articles